sábado, 19 de dezembro de 2009

Avelino Tavares - um sonho de 40 anos: MC - Mundo da Canção


                    Num dia, que já não sei precisar, do mês de Dezembro de 1969, estava eu na Estação de Santa Apolónia à espera de um comboio que ao fim da tarde me traria de regresso a Ílhavo, e decidi dirigir-me ao quiosque da estação para procurar algum jornal que pudesse ler durante a viagem. Mas acabei por comprar uma revista que discretamente se encontrava exposta com a timidez própria de quem acabara de chegar a Lisboa.
                         Na capa trazia a fotografia de um Homem que cantava (e ainda hoje canta) contra os silêncios que nesse tempo nos tentavam esconder a tristeza e a revolta:
                                                               Francisco Fanhais.







Tinha nascido o Mundo da Canção (MC) que tinha saído no dia 19 de Dezembro de 1969 com a marca do Porto aberto e sequioso de liberdade.
Avelino Tavares tinha acabado de realizar um velho sonho que se iria erguer na promoção da então nova música portuguesa, ao mesmo tempo que nos traria a canção francesa e espanhola e toda a boa música anglo-saxónica.









Deste primeiro número da revista MC transcrevo o Editorial de Avelino Tavares:








                      O índice (na página 2) dá uma ideia do conteúdo deste primeiro número de MC, sendo de sublinhar que além das referências a diversos autores e intérpretes, a revista publica as “letras” das canções não apenas portuguesas, mas também francesas, espanholas, inglesas, etc., sempre nas versões originais, recusando prejudicar de algum modo os poemas com traduções ou tentativas de adaptações em língua portuguesa.








 Destaco três páginas:


_____________________________

__________________________________________________


_________________________________________________





E ainda um poema de António Cabral com música e interpretação de Francisco Fanhais (página 26) :



 




A concluir esta primeira referência a Avelino Tavares e ao MC deixo-vos a ficha técnica daquele primeiro número que foi publicado há exactamente 40 anos.








Nos próximos tempos continuarei a falar,
dentro dos limites possíveis deste blog e da minha capacidade de síntese,
do meu velho Amigo Avelino Tavares e do seu MC-Mundo da Canção.